Secretaria da Pessoa com Deficiência

Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

/governosp
Cidadão SP
Fluxograma do atendimento às mulheres vítimas de violência

Fluxograma do atendimento às mulheres vítimas de violência

Fluxograma com fundo roxo. Na parte superior esquerda, o título “Mulher em situação de violência”, ao lado, o logo do programa TODAS in-Rede. Dentro de caixas brancas, as informações hierarquizadas, dispostas na ordem: É uma situação de emergência - SIM - Ligue 190/Delegacias de Polícia/Casa da Mulher Brasileira/Delegacias de Defesa da Mulher. É uma situação de emergência - NÃO - Procurar rede de apoio/Programa Justiceiras/Casa da Mulher Brasileira/CRAS ou CREAS na região/Rede de Atendimento à Mulher. No canto inferior direito, uma imagem de uma mão segurando um celular.
Na segunda imagem, fluxograma com fundo roxo. Na parte superior esquerda, o título “Mulher em situação de violência doméstica”, ao lado, o logo do programa TODAS in-Rede. Dentro de caixas brancas, as informações hierarquizadas, dispostas na ordem: Quer fazer um boletim de ocorrência? - SIM - Internet/Presencia/Delegacias de Polícia/Delegacias de Defesa da Mulher. Quer fazer um boletim de ocorrência? - NÃO - Procurar Rede de Apoio/ PEM. Justiceiras/Casa da Mulher Brasileira/CRAS ou CREAS na região/Rede de Atendimento à Mulher. No canto inferior direito, uma imagem de uma mão segurando um celular.
Na terceira imagem, fluxograma com fundo roxo. Na parte superior esquerda, o título “Mulher em situação de violência sexual”, ao lado, o logo do programa TODAS in-Rede. Dentro de caixas brancas, as informações hierarquizadas, dispostas na ordem: 1. Buscar a UBS ou Hospital de Referência da sua cidade e região. 2. Receber atendimento e medicação necessária. 3. Fazer boletim de ocorrência (Passo não obrigatório para receber atendimento no hospital, UBS ou Rede de Apoio). 4. Caso você tenha ficado gestante você tem o direito de receber atendimento conforme norma técnica de prevenção e tratamento da violência sexual. Em caixas pretas, as informações estão dispostas na ordem: Procure apoio e acolhimento: Casa da Mulher Brasileira/Grupo Justiceiras/CRAS/CREAS/Rede de Atendimento à Mulher. No canto inferior direito, uma imagem de uma mão fechada, ao fundo uma mulher sentada de cabeça baixa.
/governosp
Cidadão SP
Skip to content